quem te guiaQuem está no volante do meu fusquinha é o espírito de Deus e não a carne. Ele me guia por seu caminho e sei que estou no caminho da vida e vou chegar ao céu, pois o espírito de Deus veio do céu só para me buscar e voltar ao céu. Este é um caminho o qual eu nunca passei por ele antes, pois fui produzida ainda agora neste mundo. Foi posto dois caminhos diante de mim, um caminho que sairá no vazio eterno e outro que o espírito de Deus vai me levar à vida eterna. Eu sei que quem vivifica a carne é o espírito, e quando ele voltar ao céu, ela vai cruzar com a morte. Se eu deixar a carne dirigir a minha consciência, eu já sei com antecedência que vou cair no vazio eterno quando ela morrer, mas se o espírito pegar no volante e dirigir a minha consciência, eu vou sair no céu com ele, e lá ela terá a vida eterna dele.

Quem dirige a tua consciência, a carne ou o espírito? É fácil ver isto, é só ver o caminho em que a tua consciência anda. Dá para ver, para sentir quem de fato guia uma consciência, e se não for o espírito de Deus, certamente ela cairá no vazio eterno. Nós estamos na estrada da vida, mas muitas consciências estão indo na direção errada, o céu está para um lado, mas a consciência está indo para o outro. Por isso eu ando contra este mundo e tudo que eu faço, sou reprovado pelos filhos da carne, pois eles andam por outro caminho, oposto ao que eu ando. Eu ando pelo caminho apertado, eles andam pelo caminho largo. No caminho largo, tudo pode, vícios, paixões, futebol, ladrões, traições, vaidades, aparências, homossexualismo e tudo mais que as consciências possam desejar desse mundo. Mas no caminho apertado só passa a alma, pois se ela não estiver pura da carne, não transpõe do plano material para o plano espiritual. Enquanto o espírito te dá a vida, a tua consciência pode fazer o que ela quiser, mas quando Deus chamar o espírito, e a tua consciência ver que não estava ligada a ele, toda esta tua aparência vai para o brejo.

www.razaodavida.com