Um campo todo preparado, adubado e bem cuidado, semente plantada na estação correta, start acionado e a vida se encarrega de dar o crescimento. Tudo bem simples, porém, uma grandiosa sabedoria e muito natural. Então vemos o despontar do fruto, sua flor a desabrochar e um enigma a desvendar.
Tudo nos serve de sombras e o entendimento paira no ar, a verdade explícita salta aos nossos olhos e a nossa própria história para contar. A razão da nossa existência e o motivo de estarmos aqui, nossa singela consciência no caminho a se descobrir.

Como linda flor do campo, a mais bela do jardim, sua beleza e encanto por manifestar à tudo e refletir. Mas este tempo é efêmero, o tempo passa, os ventos sopram, as pétalas caem e o provisório já não brota. E como um lírio que secou, a alma despedaçou, perdeu sua metade, simetria da eternidade.
Hoje é o dia mais que oportuno, enquanto a vida resplandece sua luz, momento de alinhar-se no prumo, preparar-se para colheita, há no interno uma força que nos conduz na justiça e na boa vereda, onde a sabedoria sempre irá raiar e a água da fonte nunca secará.

Por Michele Mi
Tema sugerido por: Patrícia Campos – Santa Fé/PR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.