É preciso dilatar
Ampliar nossa imensidão
A essência da verdade gerar
Sentir pulsar o coração

Tal qual a parturienta
Para dar luz ao novo ser
Uma alegoria perfeita
Para o novo na alma resplandecer

Ver saltar em nossas entranhas
A vida e seus sentimentos
Puros e singelos como as crianças
Desvendar todos os segredos

Ampliar a nossa tenda
Torná-la bela e vistosa
Pendentes de simplicidade
Sabedoria majestosa

O ventre sente as dores
É preciso esse caminho percorrer
Para brotar as belas flores
A semente deve morrer

Quantas coisas grandiosas eu vejo
Minha tela cada vez mais se expande
Abaixo meus olhos, respeito e cortejo
Uma excelência em meu interno se abrange

Não dá para conter
É grande a necessidade de manifestar
Deixar o jardim florescer
E sua beleza aflorar

É preciso dilatar
Ampliar nossa imensidão
A essência da verdade gerar
Sentir pulsar o coração

Por Michele Mi