Por fora estrutura imponente
No interno uma alma doce
Um olhar que descreve sua mente
De como queria que fosse

Consciência ainda nova
Um fruto em processo de maturidade
Mas já tem a sua história
E almeja sua liberdade

Traços e expressões
Marcas do seu caminho
Na metáfora da vida um capitão
Oculto no profundo do seu imo

Sentimentos confusos
Aos poucos vão se esclarecer
Deixe o lume te moldar
E suas asas tecer

A lacuna do passado
Fez o menino chorar
Quieto, sozinho e calado
Na imensidão do próprio mar

Mas a vida clama em seu peito
O convidando a ser feliz
Acompanhe a sabedoria e ouça seu conselho
Siga firme sua diretriz

A Inspiração do divino
Sempre bate a nossa porta
Mostrando o justo caminho
Até mesmo por linhas tortas

Nunca plante no coração alheio
Aquilo que não quer para si
Faça-se um fiel companheiro
E colha sempre o sorrir

Por Michele Mi