Mesmo estando quebrantado
Coração tristonho, aflito
Há tempo de mudar o quadro
Tornando-se vaso bonito

Cuidadosas e suaves mãos
Moldando o simples vaso
Diante dele uma intenção
Aprofunde-se, não seja raso

Adornado pelo Celeste
Conduzido pelo lume
Verdade explícita, inconteste
Diante o mais alto cume

Alma digna, honrada
Flor perene à encantar
Sabedoria guardada
Relicário sempre a brilhar

Há vasos para honra
Colunas mantendo essa esfera
Justiça e paz emergem da boca
Advinda da fonte etérea

Brilho exalando no olhar
Puro sentimento de amor
Resultado do transformar
Fruto do intenso valor

Deixe-se ser trabalhada
O oleiro sabe o que faz
O fim da obra acabada
Será plenitude e paz

Mesmo estando quebrantado
Coração tristonho, aflito
Há tempo de mudar o quadro
Tornando-se vaso bonito

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: Maria Lúcia – Martins/RN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.