Excelente artesão
Mão perfeita divinal
Mestre da criação
Sabedoria divinal

Planejou em sua mente
Delineou todos os traços
Tudo muito consciente
Na medida e no compasso

Perfeição de cair o queixo
Sincronia tão exata
Esperança do desfecho
Sua obra acabada

Pincelou cada detalhe
O universo em um grão de areia
A vida deu brilho e realce
Pulsou o sangue nas veias

Como pode passar despercebido
Uma sabedoria tamanha
Criaturinhas com sua função neste ciclo
O tecer tão preciso de uma pequena aranha

Os movimentos dos astros
As grandezas do universo
Magnitude de um ínfimo átomo
E o desvendar do nosso interno

Nada disso teria valor
Sem a consciência para manifestar
O sentimento mais puro do amor
Compreensão de arrepiar

O resultado desejado
É ser refletido na alma espelho
Sua imagem e semelhança
Quem desvenda esse segredo?

Por Michele Mi 
Tema: Loir Xavier – Campo Grande/MS