Como diz uma canção
Parece uma coisa a toa
Mas toda alma voa
Quando começa a pensar

Os pensamentos vão longe
Uma viagem na própria imensidão
Prazer é encontrar a fonte
Que jorra sabedoria e inspiração

Que nos borda lindas asas
Mas mantém os pés no chão
A alma deixa de ser rasa
Se aprofunda na razão

Como é bom seguir a vereda
Trilhos firmes e racional
Formando ideias coesas
Contemplando o celestial

Sem precisar inventar nada
Fantasiar ou iludir
Apenas embarcar nessa jornada
E a si mesmo refletir

Deparar-se com o próprio espelho
Discernir cada paisagem
Seguir a vida e seu conselho
Não temer essa viagem

Enfrentar os inimigos
Não deixar-se sucumbir
Libertar por completo o íntimo
Desvendar o porquê de existir

Os pensamentos vão longe
Uma viagem na própria imensidão
Prazer é encontrar a fonte
Que jorra sabedoria e inspiração

Por Michele Mi
Tema sugerido por: Márcia Rocher – Apucarana/PR