Grande zelo e admiração
Compreensão sobre as diferenças
Cuidado com cada coração
Igualdade perante as consciências

Não ultrapassar os limites
Saber dosar as palavras
Chegar-se às almas simples
Doar-se e ter igualdade

Mas não podemos esquecer
Do que realmente tem primazia
O respeito a existência do Criador
Nossa perfeita simetria

Saber o que realmente lhe agrada
E ter em si a intenção pura
Dar passos firmes na caminhada
Fazer da alma candura

É preciso saber separar
Todas as coisas no entendimento
Saber a hora de falar
E silenciar quando for o momento

Depende de nós a mudança
Que queremos ver no outro
Tenhamos mais temperança
Não sejamos como os indoutos

Se deseja ser respeitado
Seja o primeiro a respeitar
Analise o que tens plantado
Não adianta somente o falar

São os atos que revelam
O interno do coração
Sentimentos reverberam
E ecoam como a canção

Por Michele Mi 
Tema: Maria Isabela – Emas/PB