Um fluído venenoso
Que pode ser letal
Toxina que afeta o corpo
Causando muito mal

Existe o vírus da alma
Que a deixa doentia
Cessa toda calma
Afasta a sabedoria

É preciso muita gana
Extrema força de vontade
Determinação e garra
Para curar a enfermidade

O raciocínio deve estar livre
Para chegar ao entendimento
A ignorância coibe
Dando lugar ao sofrimento

Então a mente se fecha
E o distúrbio só aumenta
A luz não encontra brecha
Para sanar grande tormenta

O remédio tão próximo
Doses de compreensão
Inibiria o que é tóxico
E tão nocivo ao coração

Consciência tão singela
Não deixe-se iludir
Mantenha-se de sentinela
Não deixe-se sucumbir

A essência da verdade
Mantém a alma salutar
Cura o vírus da maldade
Faz o imo levitar

Por Michele Mi 
Tema sugerido por: Simone Nascimento – Taboão da Serra/SP