Pecador vendido
Paga muito caro
Para viver na carne
Teu maior pecado

Carta alforriada
Vinda lá do céu
Para quem assumir o espírito
E cumprir com seu papel

Almas atormentadas
Por um mundo cão
Não conseguem enxergar
A cura do seu coração

Está dentro de você
É só buscar para ver
Ele cura tua alma
Com compressa do viver

Criação humana
Almas desprezíveis
Não fazem a vontade
Do Senhor da vida

Nem querem saber
Por que foram criados
Desprezando o espírito
Bem aí do seu lado

Por Régis Roberto