Sentimentos de amor
Liberdade no amar
A vida te ensina
É só a ela se entregar

Amor liberto
Não prende ninguém
Escolha o lado certo
Para não perecer também

Espada cravada
Em teu coração
Por não obedecer
O teu senhor da razão

Só ele que pode
Da espada livrar
Descravá-la do peito
E o coração libertar

Esperou uma coisa
Aconteceu outra
Iludiu tua alma
Com uma coisa ou outra

Mas ainda há tempo
De se consertar
Se entregue ao espírito
E desilusões nunca mais terás

Por Régis Roberto