Vencerá teus inimigos
Se ao espírito se entregar
Com a vara e seu cajado
Ele te conduzirá

Asas para voar
E no tempo se lançar
Viajar nos pensamentos
E a glória alcançar

Voltar a ser criança
Começar tudo de novo
Conhecer o propósito da vida
E iniciar um eterno renovo

Alma querida
Azul infinito
A cor para pintar
O teu céu mais bonito

Preto azulão
Não é nada bom
Para pintar o interno
Do teu coração

Por Régis Roberto