O raciocínio nos leva ao caminho da lógica de todas as coisas. O Homem é dotado do raciocínio, ou seja, produz a consciência e o raciocínio é uma das funções inerentes à ela, portanto é um ser racional. Podemos dizer que usa e abusa de tal função somente para proveito próprio, ou melhor, na satisfação de seus desejos, mesmo que isto vá beneficiar toda a humanidade, afinal está em constante busca por poder, notoriedade, fama, sendo assim, suas ações estão todas direcionadas para a existência dominante em sua consciência, ou seja, a carne. Quanto ao propósito de Deus, acredita que o vive, embora não tenha certeza absoluta de nada,(por isso a síndrome do achismo tomou conta). Instalou-se deleitosamente em uma zona de conforto da qual não cogita sair ou dar sequer uma escapadela para raciocinar e conhecer a verdade de Deus, que grita frente à seus olhos, contudo sem o costume de enxergar, nada vê. Aos seus ouvidos soa enfadonho e cansativo e prefere acreditar que é o que reflete no espelho. Sendo assim, o pó à ele tornará e a consciência vazia destinada ao nada absoluto por não ter ativado o raciocínio para chegar à lógica, a razão de ter estado aqui.

Por Loir Xavier