A capacidade de uma consciência em realizar determinadas tarefas está intimamente ligada à aptidão. Obviamente que precisará esforçar-se e dedicar-se muito mais para realizar aquelas que não estão em seu campo vocacional a fim de não tornar-se negligente, porém todos somos capazes de desenvolver habilidades, uns mais, outros menos. Quando há fusão entre vontade e aptidão então, tudo é realizado com maestria. Somos todos dotados de inteligência, uns com grau mais elevado que outros, porém todos passíveis de raciocínio. Ao raciocinar, entender e enxergar que estamos no mundo dentro de um propósito e que este é de Deus, constatamos que já não podemos ser mais os mesmos, pois como já foi dito: como filhos obedientes, não se deixem amoldar pelos maus desejos de outrora, quando viviam na ignorância. “Tudo depende do querer e da obediência aos preceitos divinos, em realizar o propósito em si tendo o intuito de receber o bem mais valioso que é a coroa da vida.

Por Loir Xavier