“O choro pode durar uma noite, mas a alegria vem pela manhã!” Geralmente, o choro vem acompanhado de um lamento. E o que mais se vê são as consciências sofrendo e chorando seus lamentos. Acontece que nenhuma das lágrimas derramadas tem por motivo a correção do Pai, mas a frustração, a opressão de suas decepções carnais. Estamos dentro de um propósito, perfeito, único, lindo e oferecido à todos. Onde há um lugar em que as consciências não mais sofrerão dano algum e este é no senhor! Viemos à este mundo não para vivermos lamentos, mas as alegrias esfuziantes e infindas que encontramos somente no senhor! Pois a certeza do amanhã se faz mediante a entrega para a correção do Pai, em derrubar paredes construídas sem prumo e cheias de infiltrações para dar lugar ao que é sólido, firme e seguro. Chorar sim, mas por sentir a presença do espírito santo de Deus inundando-nos e transformando-nos para o proveito Dele, para o crescimento de Sua glória!

Por Loir Xavier