Vejo bilhões de consciências não cumprindo com a sua devida função. Percebo também, que essas mesmas consciências, não fazem ou têm sequer uma vaga idéia de que estão dentro de um propósito, de um único propósito, haja visto que confeccionam um para cada um de si. E é também evidente e a cada dia mais, que raramente tem alguém interessado em ouvir falar sobre o propósito de Deus, sobre a razão de estar aqui. Como o realizarão se não tem conhecimento do mesmo? Se não há demonstração alguma em querer saber? É visível o desconforto, incômodo em que ficam ao serem interpeladas para ouvirem do propósito. A vida eterna é algo que para elas já tem lugar certo, pois o processo é nascer, crescer, morrer e ir para o céu. Qualquer palavra contrária que as tire desse conforto e acomodação é taxada de vento de doutrina ou heresia. Como fazer para despertá-las para a vida se nem mesmo a possibilidade do vazio eterno o faz? Alguém tem a resposta? Nem mesmo Deus.

Por Loir Xavier