Certamente que ao termos uma grande novidade queremos compartilhá-la com todos ao nosso redor, quiçá com o mundo! Ainda mais quando esta novidade diz respeito à vida eterna com Deus e que abrange toda a humanidade. Ficamos extasiados e afoitos para falar à toda gente das maravilhas de Deus. Mas como diz um dito popular “o exemplo arrasta”, e então chega o momento de nos analisarmos, pois o que vale muito saber, muito conhecer e pouco obedecer. Como sempre afirmo, as palavras o vento leva, mas as atitudes é que falam por si! Posso dizer aos outros que estamos dentro de um propósito, discorrer que o mesmo consiste em sair da carne, em viver segundo o espírito em obediência a Deus a fim de realizá-lo e que tudo acontecerá na consciência, mas desde que vejam, que testifiquem a verdade de Deus aplicada em meu proceder. As pessoas devem ver em mim o Cristo que eu prego, o evangelho da salvação. Eu devo ser primeiramente um exemplo de convicção, de purificação e transformação e então as palavras que saírem de minha boca serão condizentes com os meus atos!

Por Loir Xavier