Determinar

Realmente, devo concordar que o fato de determinar algo não faz de alguém determinado. Determinar é dizer que vai fazer algo e ser determinado é realizar ações para que esse algo aconteça, se concretize. As vezes uma consciência determina algo para si, mas não é determinada em suas ações em torno da realização do objetivo proposto e portanto nunca o realiza. Afinal, quando se determina e se é determinado, logo, as ações serão em favor do que se determinou. Quanto ao propósito da vida vejo que as duas ações estão intimamente ligadas, pois para que se alcance a eternidade com Deus é preciso determinar em seu querer e ser determinado em trilhar o caminho para a obter. Pois de que me valerá o determinar se a minha consciência não for determinada em realizar as ações necessárias para tal feito? De absolutamente nada! Um exemplo claro é o de Neemias que determinou e foi determinado em reconstruir Jerusalém, lutando contra todos os que contra ele se levantavam, não esmoreceu e concretizou o intento. Sem dúvida, temos que ter em nós essas duas ações, a começar em mim, claras e fortes em nossas consciências para que possamos concretizar o propósito de Deus e adentrar o céu!

Por Loir Xavier