“Aquele que é nascido da carne é carne, aquele que é nascido do espírito é espírito! “Não tem como ser diferente. Nascemos já uma vez do ventre de nossas mães, passamos através da coabitação de nossos pais pelo caminho de sêmen e nascemos humanos. Crescemos, produzimos nossa consciência e para sermos ou nos tornarmos espirituais é necessário que o espírito se estabeleça nela e para tal há todo um processo de purificação, de troca de ser. Nascer no espírito não é só de falar, aliás não há a necessidade de falar, pois os atos demonstrarão quem de fato está vivendo, sendo guiado e admoestado por Ele!

Por Loir Xavier