Ao deparar com a verdade de Deus descrita sabiamente em Seu propósito, a postura, ou seja, a posição que as consciências adquirem, no início é de incredulidade, logo depois progride para a negação e por fim para o distanciamento. As consciências em geral precisam materializar tudo para crer, por isso é tão forte o sentimento de que a vida eterna já está certa, por conta da história contada e da falta de entendimento desta, embora só ouviram falar. Mas é como por exemplo o estudo da tabuada que de tanto repetir, memoriza-se, cria-se um vínculo e ao ser questionado a resposta vem de pronto à boca. Desde o nascimento, já foram condicionados a aceitar sem questionar e mesmo que raciocinem e vejam despontar o brilho da luz, é preciso muito querer e determinação para enxergá-la por completo, arrancando de si todo o engano instalado e indo em busca da realização para a vida eterna com Deus. Sabendo e crendo que não há outro meio de se chegar a terra prometida, a não ser por meio do espírito santo de Deus, o senhor!

Por Loir Xavier