Sensação, sentimento, sensibilidade. É produzida por um estímulo que pode ocorrer dentro ou fora do corpo e sentida quando este estímulo envia sinais para o cérebro. Nós a temos em todo momento, pois são sentimentos que nos ligam e que nos trazem as mais variadas sensações: de bem-estar, prazer, verdade, insatisfação, tristeza, dor… No que se refere ao propósito de Deus em nada difere, por que da mesma maneira que temos sensações pelo que nos rodeia, também ou até mais, deveríamos ter por este propósito, pois unicamente para realizá-lo estamos aqui. Obviamente que a sensação está ligada a percepção e esta nos diz sobre a intensidade e duração deste sentimento. O propósito de Deus refere-se sobre a razão do nosso existir e da continuidade da vida em nós por nossas consciências e este sentimento há de ser duradouro e intenso de forma que ajamos em torno de sua realização, pois chegará o tempo em que o espírito voltará a Deus e a carne ao pó. Para tanto é necessário cumpri-lo a fim de não ficarmos apenas com a sensação da vida eterna, mas de vivê-la de fato.

Por Loir Xavier