Quando tudo já não mais existe. Ele não chega de forma abrupta, mas a consciência se encaminha para ele, por conta de suas escolhas. A situação caótica do mundo, deste planeta chamado Terra, nos alerta para o fim. A desolação presente nas consciências humanas e que apresentam-se de variadas maneiras, refletindo em suas relações, estão claras, nítidas a todos os olhos. Tudo foi anunciado, revelado, assim como o alerta de “sai dela povo meu, para que não te incorras em suas pragas e flagelos”. Todavia, enquanto fôlego tiver ainda é tempo. Portanto “quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz” e cumpre, pois eis que é chegado o fim!

Por Loir Xavier