Há muitas coisas absurdas que vemos as consciências cometerem nesse mundo e que não tem explicação, mas a maior delas certamente é a de não buscar verdadeiramente o caminho certo para suav salvação, para a vida eterna no espírito. Aos que estão na ignorância de que estamos dentro de um propósito e como deve ser o nosso proceder para a termos ainda é compreensível, veja bem compreensível, mas não desculpavel, pois “eis que está à porta e bate”, bastando as mesmas querer raciocinar e abrir a porta para o entendimento. Mas nos deparamos com consciências que mesmo chegando ao entendimento recusam-se a seguir além, retrocedem no caminhar por sucumbir o desejo desmedido que brota da carne. É incompreensível trocar um tesouro de valor inestimável por quinquilharias e como o nome já diz sem valor algum. É incompreensível não abrir os ouvidos e inculcar no coração as palavras que jorram da fonte da água da vida, que soam como música com as mais perfeitas notas orquestradas pelo espírito de Deus e que nos embalam na certeza de um amanhã eterno. É incompreensível!

Por Loir Xavier