O amor de Deus é incondicional! Pelo contrário, o amor de Deus é condicional, e é dispensado a todo aquele que Nele crer. E o crer em Deus não se trata apenas de abrir os lábios e pronunciar palavras soltas ao vento, que se vão sem efeito algum, mas trata-se de obedecê-lo em todas as Suas palavras. É incompreensível depois que se entende, que se vê como o fruto, a relação tão subserviente que o ser humano imputa a Deus. O temor que dizem sentir parte do medo em não ser favorecido na carne e não da busca pela vida eterna, com a finalidade de serem parte de Seu glorioso corpo. Afirmo e com propriedade porque há pouco tempo também fazia parte dessa triste estatística. A veracidade dessa afirmação é facilmente comprovada devido ao estado em que encontram-se hoje as consciências, produzidas unicamente para o benefício do Altíssimo. Esse deus que criaram é no mínimo estranho, pois à uns tudo dá enquanto que outros sofrem horrores. Ele tem sentimentos pelo espírito que habita em mim, no qual devo tornar-me, abandonando as práticas carnais. Ele me ama se…eu em minha consciência for para Ele o fruto desejado!

Por Loir Xavier