Desejo irrefreável de possuir ou gozar o que é do outro. A inveja geralmente vem vestida de um largo sorriso, de amabilidade assim como de curiosidade. Curiosidade? Sim, o invejoso é curioso, quer saber dos mínimos detalhes referentes à aquisição do outro. Onde, como, quando, quanto, tinha mais? Então, começa a aflição própria dos invejosos e a sandice de a qualquer custo também possuir. O invejoso é inconsequente, age movido por esse sentimento tão vil e mesquinho. A inveja é a própria frustração e rancor por não ser ou possuir o que o outro foi capaz de ter. O invejoso traz consigo o ciúmes que aumenta seu tormento e angústia. Creio que a única coisa que não é invejada pelo invejoso, é saber da verdade de Deus, por que acredita que seu alvo se dará mal, e nisto está o seu prazer!

Por Loir Xavier