Tudo depende do conhecimento. E este do entendimento, que consequentemente depende do raciocínio, que depende do querer. São ações da consciência completamente interligadas, dependentes entre si para chegar à um fim determinado.
As consciências se fartam dos saberes comuns e científicos, buscam incessantemente a compreensão deles até sentirem-se realizadas, orgulhosas e cheias de si, demonstram claramente um desejo ardente e não medem esforços para alcançarem tal realização. Contudo quando se trata do saber e do conhecimento de Deus, que as criou para que somente realizassem o propósito Dele, são completamente leigas, ignorantes, não demonstram interesse ou curiosidade alguma. Difícil é desmistificar o parco conhecimento que têm, pois está encravado, enraizado em seus corações pelo engano e sem dúvida alguma é necessário que queiram colocar as ações de suas consciências para trabalhar em favor de si, de forma a se permitirem alcançar o gozo do entendimento e do conhecimento de Deus.

Por Loir Xavier