É a possibilidade que cada pessoa tem de tomar decisões ou fazer escolhas em função de sua própria vontade, liberdade de escolha. Cada consciência decide por seu próprio caminho, tendo ciência de que para toda e qualquer escolha, há uma consequência. Mas qual consciência há de querer o seu próprio mal? Bilhões delas…Por não atentarem ao fato de que estamos dentro de um propósito e que a não realização do mesmo trará consequência eterna. É preciso
ter ciência de quão passageiro é o tempo de vivência neste mundo e de que escolher viver os prazeres e deleites carnais, tornando suas consciências escravas do engano, é o maior mal que cometem a si mesmos “pois do que valerá ganhar o mundo inteiro e perder sua alma”? É necessário querer, raciocinar, conhecer, decidir e caminhar tendo a convicção de que o senhor, o espírito da vida nos conduzirá pelo reto e perfeito caminho.

Por Loir Xavier