“Pedi e dar-se-vos-á. Buscai e achareis. As consciências têm um entendimento errôneo e completamente carnal em relação ao “Pedi e dar-se-vos-á”, haja visto os inúmeros pedidos que vão protocolando frente ao trono de Deus. Como estão ligadas à carne que um dia voltará ao pó e que também para nada se aproveita, tudo, absolutamente tudo está relacionado à satisfação provisória e irrisória que ela traz. Visam um Deus que satisfaça seus desejos e vontades, que realize seus sonhos. Um Deus subserviente que os ama incondicionalmente e que está sempre pronto a abençoar. Devemos buscar a Deus pelo que Ele é, pelo que representa em nós e não pelo que pode fazer ou pelas”bênçãos” que derramará em nossas vidas. Devemos clamar a Deus por sabedoria, entendimento e discernimento para vivermos a cada dia firmados em Seu propósito, entregues ao espírito que em nós habita. Exalta-lo com corações puros e íntegros, com nosso viver segundo Sua vontade.Tudo em nós deve ser por Ele e para Ele e “as demais coisas nos serão acrescentadas!”

Por Loir Xavier