Ser prudente e cauteloso é necessário em várias situações da vida, principalmente quando diz respeito à vida eterna. Usar o raciocínio para obter o entendimento de que estamos dentro de um propósito que é claro aos olhos de quem o enxerga e que nos diz que fomos criados na carne apenas para produzirmos a consciência e manifestarmos a glória de Deus. Que essa carne além de não ter vida própria, para nada se aproveita, irá ser descartada e assim como veio do pó à ele retornará. Além de uma constatação óbvia vem acrescentada da certeza de que a continuação da vida somente se dá através da entrega ao espírito de Deus que em nós habita.

Por Loir Xavier