Mas o que é o amor? Certamente que o amor está relacionado com algo muito mais profundo do que isso que se vê hoje exalando das consciências. Não se trata em hipótese alguma desse sentimento egoísta, calculista, que busca tão e somente seus próprios interesses carnais, que satisfaz os egos inflamados e é capaz de tudo, a qualquer custo e preço. Amor é um sentimento sublime, puro, não esse totalmente deturpado, exigente, lascivo. Mas como amar sem antes conhecer o real e verdadeiro amor? Saber amar implica em conhecer e entender a Deus e a seu propósito, de viver em conformidade com Sua palavra e em obediência. Amar é desejar insistentemente para o outro o que deseja para si mesmo. Amar é bradar as consciências que o amor inefável está na vida que habita em cada uma delas. Amar é transbordar, exalar do bom perfume do Senhor. Esse amor é vida e nunca morre!

Por Loir Xavier