Entre sementes de amor,
Gramado em verde esperança
Flores multicor
E a vida acenando a criança

O cata-vento
Medindo a direção
Cobertura sem para peito
Para que adentre a imensidão

Um jardim secreto
No interno
Sem estação de inverno
O bem brotando no inverso

Um caminho de pedras
Para sentir-se firme
Desbravar a própria selva
Ser lume, história verídica em filme

A liberdade tecida em pássaros
A transformação metaforam as borboletas
Igarapé rio abaixo
Desenha-se a palavra em silhueta

Tela em 3 D
Vista por dentro
Pétalas rosê
Parece parar o tempo

Não é que parou
Mas descobriu-se eterno
Até o girassol cantou
Ao ver-se em Jardim secreto

Voltou-se cada vez mais
Ao sol, sua estrela eterna
Sentiu o que é ter paz
E por ela, reverbera

O que dantes fora secreto
Hoje é o seu habitat
Em si assinou um decreto
A lei agora é amar

Por Patricia C.