Saber dosar
Temperar
Ser sal do mar
Condimentar

Há um limite
Não ultrapasse
Sedes simples
Mude de fase

É preciso sobriedade
Inspirar tranquilidade
Voar com a liberdade
E prender-se somente à verdade

Ser mente sã
Desvencilhando da matéria
Semente clã
Florescer-se em nova terra

Fazer parte de um todo
Eterno em brilho
Chama ardendo em fogo
Centelha, lume reluzindo

Ser dia,
Ser sol
Fonte que irradia
Flor de girassol

Saber chegar
Saber sair
Saber onde quer chegar
E para onde não queira ir

Ter inerente a percepção
Conhecer cada canto do coração
Ter sentimento de união
Do individualismo fazer subtração

Ser a dose certa
Em tempo, amar
A alma que com o anjo flerta
És morada à eternizar

Patricia C.