Extremamente descomplicado
Assim é o que é simples
Só mais um dos predicados
Àquele que é humilde

Que procura de forma transparente
A razão de todas as coisas
E assim não seria diferente
Até descobrir-se como pessoa

Não digo a pessoa visível
Mas o que há por detrás de tudo isto
Algo alucinante e incrível
É desvendar o próprio infinito

Saber quem de fato é
E em sua posição adequar-se
Ser como água de igarapé
Que ao encontrar-se com o mar, iguala-se

Os olhos simples
Enxergam com simplicidade
À tudo pela simplicidade distingue
E ama de fato a verdade

A sabedoria amedronta os tolos
Os distanciam do conhecimento
Vivem neste mundo como se fosse um conto
E no interno transbordam aborrecimentos

Tudo por não conseguirem perceber a simplicidade
Jamais Deus faria um intento que ninguém alcançasse sua verdade

Mas é preciso singeleza
Para granjear tal entendimento
Com delicadeza e destreza
Transformar-se o que há por dentro

A forma de agir
Sentir e pensar
O que é mal repelir
E o bem poder abraçar

Os simples alcançam o céu
E ganham a vida por toda a eternidade
Despem do pó e seu véu
E dançam com a liberdade

Por Patricia C.