O céu se ilumina com luzernas
Com seus pendentes luminosos
Meu imo se ilumina com luzes eternas
Joias raras, tesouros preciosos

A vida transcende o pó
Vive nas metáforas do universo
Estrela que brilha só
Porém busca uma metade para seu inverso

Estrela de Davi
O coração guerreiro de Deus
Estrela que habita em mim
E brilha para iluminar todo breu

O bem da eternidade
Lumiou toda água cristalina
Habita nos céus e nas verdades
Encontra-se no mar e nas colinas

Estrela de todo peito viajante
Em alguns tão evidente
Resplandece sob o olhar vislumbrante
O amor de grandes mentes

Estrela de Deus
Vagalume interdimensional
Que visita a casa dos hebreus
Procurando um lar eternal

A luz da vida
Que transparece no puro coração
O brilho da sabedoria
Habita em sua imensidão

Difícil alguém enxergar
Não se compara a joia mais preciosa
O infinito veio me visitar
E deixou para mim sua graça e sua luz gloriosa

Por Luiza Campos