É dentro da consciência que tudo se passa e acontece, é no interno que aparece as desavenças, picuinhas, brigas e desunião, é dentro da consciência que os monstros se levantam para nos causar dor, sofrimento e desamor. É no fundo da alma que acontece a luta entre o bem e o mal, entre a carne e o espírito, pois a nossa consciência é como o grande mar profundo e escuro, e só conseguimos ver o que há nas profundezas, se mergulharmos sem medo do que iremos enxergar ou encontrar, pois como dito a nossa consciência é uma grandeza onde ao longo do tempo armazenamos muitas coisas ruins. E agora nós mesmos temos que abrir as gavetas e tirar tudo que mantivemos guardados durante toda a nossa ignorância, porque é dentro da consciência que se reprisa várias cenas, ciclos e combates ardentes. É sobre o altar de Deus que devemos gloriar ao senhor levando para si o cordeiro sacrificado, pois é isto que o agrada, a mortificação da carne dentro de nossas consciências…

Por Maria Lúcia