Vemos claramente que as consciências pegaram o bonde errado, pois nasceram neste mundo e vivem aqui como se este lugar fosse a única e definitiva vida delas, então na hora de pegar carona de volta para casa com o espírito santo de Deus, todo mundo pega o trem errado, sem freio, desgovernado, ou seja, todas as consciências trilham o caminho inverso da vontade de Deus, caminham na estrada larga onde tudo pode, este é o caminho da morte, que resumindo é a consciência que usa de suas funções pela carne e faz e realiza seus desejos. Estas andam na contramão da vida achando que estão certas e pensam que o que fazem é por Deus. É um erro de função muito grande, pois todas as consciências agem pelo engano, vivem de mentiras, são vidas vividas sobre a base enganosa onde os fatos contados de suas vidas em reuniões satânicas parecem ser verdade, mas na real é um tremendo disfarce, é um enganando o outro e ninguém enxerga nada da sua razão de existir, e nesse furdúncio todo como explicar as consciências que o caminho certo a seguir é para o outro lado? Nós até tentamos conduzi-las na direção correta da vida, mas daí não depende de nós e sim delas mesmas raciocinarem e verem por si mesmas o caminho…

Por Maria Lúcia