Aqui, definitivamente não é o meu lugar, na verdade, não é o lugar de ninguém, mas estamos neste mundo só de passagem. Viemos a este mundo só pela consciência que produzimos como criação, é esta consciência que é do interesse de Deus. Deus criou todo este universo pela consciência que o ser humano produz. A consciência é um manifestador de existência, é ela também que pensa, raciocina, forma ideias, determina e age por quem ela quiser. Temos em nós duas existências, a material e a espiritual, já sabemos que a carne é morta em si mesma, quem a vivifica é o espírito que Deus nos enviou. Por este raciocínio chegamos à conclusão que a vida está no espírito, o espírito também é um corpo, mas este lugar aqui não é dele, pois o seu habitat é o céu, que é o reino de Deus. Não é este céu que vemos com os olhos carnais, mas o plano espiritual está em outra dimensão.

Devemos perceber então, que Deus quer esta consciência que produzimos para o bem de si mesmo, Ele quer que a nossa consciência manifeste a sua existência, que é espiritual, quer também que usemos das funções da consciência para o benefício do espírito. Basta entregarmos as nossas consciências nas mãos deste espírito que nos dá a vida que o mais tudo ele fará. É na consciência que inseminamos e gestamos o filho de Deus, o filho da vida, e quando estivermos na estatura completa do ser espiritual, as nossas consciências nascerão no céu pelo espírito, este será o nosso corpo eterno, isto é, o corpo eterno das nossas consciências.

Este é o propósito de Deus, por isso podemos dizer com toda convicção, este aqui não é o nosso lugar.

 

Por Kátia Campos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.