Porque muitos são chamados, mas poucos, escolhidos. Na verdade, todas as consciências são chamadas, mas só as que descobrem o propósito da vida e o realiza em si, será a eleita de Deus. Todos nós temos o espírito santo de Deus, e ele veio a cada um de nós para buscar as nossas consciências e leva-las ao reino celestial. Mas quem de verdade se entrega nas mãos deste espírito? Quem o ouve chamar pelo seu nome? Temos que ficar atentos ao chamado de Deus e não sermos negligentes. Deus se agrada de uma consciência pura, sem más intenções, que de verdade queira descobrir o propósito Dele e colocar em prática em sua vivência. Todos os dias a vida está acenando a nós, basta cada consciência vê-la e toma-la para si. Cada consciência pelo espírito se faz uma célula viva do corpo de Deus, mas para isso, nós, hoje, devemos nos identificar pelo espírito, nos tornar a pessoa do espírito, para que tornemos o Cristo de Deus. Se de fato as nossas consciências assumirem a pessoa do espírito, teremos o nosso nome seguido do sobrenome eterno, que é Cristo. Mas quem de fato ouve Deus chamar pelo seu nome?

Por Kátia Campos