Estado do que está começando a se degradar e se encaminha rapidamente para o fim, para a ruína. É o estado em que vemos este mundo, estamos nos finais dos tempos e tudo está ao contrário. Os seres humanos por avareza estão destruindo este mundo e o pior é o que estão fazendo contra suas próprias consciências. Tudo está fora do lugar e os seres humanos são maus. Ninguém dá a mão a ninguém, mas o que fazem é empurrar.

Nós estamos dentro de um propósito, só estamos neste mundo porque Deus, o Criador do universo quis que fôssemos, se não fosse por Ele nem aqui estaríamos. Devemos cumprir com a vontade de Deus, mas não, todos querem que Deus venha realizar as suas vontades carnais. Não tem alguma coisa invertida? Nós, é que devemos realizar o propósito de Deus a nós. Nós produzimos a consciência, esta grandeza e este complexo que tem o poder de pensar, raciocinar, formar ideias, decidir, agir e principalmente manifestar. Deus quer esta consciência pelo espírito, e o espírito já está dentro de cada um de nós pela vida. Tudo está dentro, todo o poder está na consciência, só depende de ela enxergar este propósito e realiza-lo.

Não é difícil enxergar o propósito da vida, mas depende de a consciência querer e compreender. Mas, infelizmente como vemos, nenhuma consciência se interessa pelo propósito estabelecido por Deus antes mesmo da fundação do mundo, e todas as consciências de comum acordo vão atrás do propósito que elas mesmas estabeleceram para suas vidas. Mas quando o espírito voltar a Deus e a carne morrer, as consciências verão a ruína que fizeram contra si mesmas e perceberão o estado de decadência que se encontrarão.

Por Kátia