No sentido figurado, rebanho é um grupo de pessoas que se guiam pelos mesmos interesses. E eu e os meus irmãos somos poucos em números, mas Deus é por nós. Temos o mesmo interesse, pois descobrimos o propósito da vida e vivemos em torno disso. Inclusive todos estão dentro deste propósito estabelecido por Deus, mas ninguém sabe que está dentro deste propósito. Cada um, vive por seus desejos carnais, e não sabem nem o que estão fazendo aqui. É um mundo de pessoas totalmente sem noção, e não buscam nem saberem o porquê Deus os criou.

Mas eu e meus irmãos descobrimos a razão da vida e propagamos este som da vida a todos os corações. Tentamos ao menos abrir as portas das consciências, quem sabe alguma se abre e deixe a voz ecoar. Na verdade, somos um pequeno rebanho, mas fazemos bastante barulho, para ver se chama atenção de alguma consciência. Já foi dito por Deus no passado para um grande irmão: não temais, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o reino. Sabemos por quem lutamos, sabemos que esta causa é justa e verdadeira, e fazemos com muito amor a voz de Deus ecoar em todos os corações, mas isso não depende de nós, mas sim, de cada consciência. Deus não olha para aparência, mas olha o coração, e por isso está tão difícil acordar alguma consciência, pois praticamente todas são más intencionadas e não querem fazer parte do rebanho de Deus.

Mas eu e meus irmãos estamos firmes, somos poucos na verdade, mas tentamos de alguma forma abrir as portas do entendimento para ver se a palavra da vida brota dentro de algum coração.

Por Kátia