Deus criou este nosso corpo carnal apenas por um propósito fundamental, que é de produzir a consciência, pois é nela que a existência se manifesta, tanto a material, quanto a espiritual. A existência material é esta que vemos que forma todo o universo, mas a existência espiritual, que é a de Deus é que sustenta tudo isto e não há a menor possibilidade de enxergarmos com os olhos mortais, mas por nossas consciências podemos testificar a sua evidência pela ação da vida, a qual é uma fagulha da existência de Deus que está dentro de cada um de nós para acender as nossas consciências por todo o trajeto do propósito da vida.

Parece ser até uma invenção, uma coisa sem sentido, mas se pararmos para observar atentamente, enxergaremos todo o intento de Deus, a começar por ver de verdade que este nosso corpo realmente é uma criação, que produz a consciência, pois qual ser humano em suas condições perfeitas não produz consciência das coisas? E é justamente a consciência que o ser humano produz naturalmente como um fruto que deve se inteirar de todo o intento de Deus, pois é nela que deve ser inseminado e gestado o filho da vida e para isto cada consciência tem que se colocar verdadeiramente nas mãos de Deus, que é o espírito, aquela fagulha que foi mencionada.
Toda consciência é como um ventre e o que for inseminado nela, a seu tempo brota, nasce e dá seus frutos, não é pelo falar que a vida acontece, mas sim se for inseminada dentro das leis é que a palavra da verdade floresce. Isto já está dentro do meu âmago e não há quem tire, pois, a vida é fruto do meu ventre, pois dela me tornei consciente.

Por Lauro Balbino

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.