Deus pelo seu espírito vivifica e dá condição a toda existência material que serve de suporte para o seu intento, para que com isto compreendamos que a carne fora da sua principal função não se aproveita para nada, pois foi por causa da consciência que Deus criou toda esta estrutura para que de alguma forma, simples e clara chamasse a atenção dos seres humanos para a sua razão de existir.  Estamos dentro de um propósito e isto temos que compreender, que ele já foi todo traçado e não tem como ninguém reverter, Deus enviou a sua porção da vida a cada um de nós e desde quando éramos sêmens o espírito já estava em nós, nos formou e nos afeiçoou e viu o momento exato quando o fruto esperado brotou, em todos os lances ali estava presente. Por isso conhece a consciência de uma forma que ela mesma nem sabe, o espírito é a raiz da vida que dá cor a todas as árvores, e também é a videira, uma alegoria perfeita com seus ramos cheios de flores, aguardando a estação correta para que os frutos sejam colhidos por serem devidamente amadurecidos. Toda consciência é como um grande campo muito fértil, onde podemos plantar e cultivar a vida que a seu tempo os ramos serão cheios de frutos eternos.

Por Lauro Balbino