Todos já nascem neste mundo com uma espada na garganta, só aguardando o dia de decepar sua cabeça. A sua sentença já foi decretada, e você foi condenada. O juiz da sua causa é o mesmo quem te criou. O caminho da vida tem duas faces, vida eterna para quem foi justo ao propósito do seu Criador, e o vazio eterno para os injustos. Nós estamos neste mundo pelo propósito de Deus, e todo ser humano deve buscar se inteirar deste propósito e pratica-lo, só assim estaremos na próxima etapa da vida, pois de outra forma jogaremos a consciência que produzimos no vazio eterno. O que o Criador Deus visa da sua criação humana, é só a consciência que ela produz, e Deus já assentou a porção do seu espírito em cada um de nós pela vida. A vida está no espírito de Deus e não na carne, pois na carne sabemos que vamos morrer e sair de cena. O espírito seria a nossa vida eterna, ele era para ser o nosso corpo eterno, isto é, o corpo eterno das nossas consciências. Deus já até preparou um lugar para nos receber pelo espírito, trata-se de um plano superior onde a vida não terá dor, mas só paz e amor.

Este mundo ficará para trás, como um sonho esquecido. Já passamos pela fase de sêmen e estamos passando pela fase humana, mas assim como o sêmen lutou para chegar a fase humana, as nossas consciências agora devem lutar para chegar a fase espiritual. Não nos importa mais o que possa nos acontecer neste mundo, pois na carne somos levados ao matadouro, sabemos que estamos na fila dos mortos, mas a nossa vida não está mais na carne e sim no espírito de Deus. Matamos a carne com os seus feitos e agora vivemos pelo espírito, a nossa visão é espiritual, e não vemos a hora de deixarmos esta carne e adentrarmos o céu pelo espírito. Trata-se de um nascer de novo, um novo plano, uma nova fase.

Bem aventurado o varão que espera no Senhor, cujo a esperança está no Senhor, pois será como as árvores plantadas junto a ribeiros, cujo dão os seus frutos na estação correta e as folhas não murcham. Mas os ímpios são como a palha seca que o vento espalha. Nós somos a porção de Jacó, o senhor de Abraão, o poderoso de Davi. Somos a ressurreição, a vida eterna, o senhor justiça nossa. Este mundo já acabou para nós, não somos mais daqui, mas sim peregrinos e forasteiros. Estamos neste mundo só de passagem e não devemos nos envolver com as pessoas daqui, se não ficaremos para trás. As nossas vidas agora devem estar no céu e não mais neste mundo que já ficou para trás.

Por O teu espírito diz