Adão, você comeu do fruto que eu te ordenei para que não comesse? Ah! Senhor, foi a mulher que tu me deste que me deu do fruto e eu comi. Adão, Eu não te perguntei isso, mas se você comeu do fruto que te disse para não comer? Mas Senhor… Não Adão, Eu não quero saber as tuas razões, mas sim se você comeu do fruto que Eu te ordenei que não comesse? Mas sabe o que é Senhor… Adão, eu não quero saber qual foi o motivo, mas sim, se você comeu do fruto que te ordenei que não comesse, é isto que quero saber de você. Está bom Senhor, eu comi. Então Adão, Eu não te disse que no dia em que você comesse deste fruto, certamente morrerias? Sim, Senhor, disse. Então Adão, você acredita que as minhas palavras possam voltar atrás? Não, Senhor. Então, Adão, porque você deu ouvidos a voz da tua mulher, e comeste da árvore que Eu te ordenei dizendo: não comerás dela, maldita é a Terra por causa de tu, e com dores comerás dela todos os dias da tua vida, e do suor do teu rosto, comerás o teu pão até que tornes a Terra, porque dela foste tomado, portanto, tu és pó e ao pó tornarás.

Hoje, nós não somos condenados pelo pecado de Adão, mas porque fizemos o mesmo que ele. Você comeu do fruto que Eu te ordenei para que não comesse? Ah! Senhor, é que o meu filho… eu não estou te perguntando isto, mas se você comeu do fruto que Eu te ordenei para que não comesse? Mas é que eu não sabia. Certo, mas você comeu? Mas é que o primo da esposa do filho da minha vizinha…Eu não quero saber nada disso, mas quero saber se você comeu do fruto que Eu te ordenei para que não comesse. Sim, Senhor, eu comi. Então, você será expulso do jardim como Adão pelo mesmo pecado, não pelo pecado de Adão, mas porque você também comeu do fruto que Eu te ordenei para que não comesse. O pecado de Adão não foi a procriação, como as religiões pregam, mas foi por ter comido o fruto que Deus disse para não comermos. E por acaso você tem noção de que fruto seja este? E como foi que Adão comeu este fruto e que você também come hoje?Adão, por acaso você comeu do fruto que Eu te ordenei para que não comesse?

Por O teu espírito diz