A hermenêutica da palavra árvore tem vários aspectos, o primeiro mais natural, tem o aspecto de uma planta lenhosa, com caule ou tronco fixado no solo e com raízes, e carregado de galhos e folhas na parte superior. Temos também a árvore genealógica, que é um quadro que se forma com suas ramificações e filiações dos membros de uma família. Temos também a árvore da vida, que é a parte interna do cérebro, cujo o formato figura uma árvore. Dentro da psicologia temos a árvore projetiva dos retardamentos e das perturbações da personalidade de uma pessoa. A árvore também pode ser uma linhagem, que pode ser distante, como a linhagem de Abraão, que se trata de uma figura que serve ao Criador Deus. E todos que tem a mesma fé no espírito de Deus, nós falamos que é da linhagem de Abraão, como disse o profeta Isaías: ouvi-me vós, os que seguis a justiça, os que buscais ao senhor, olhai para a rocha donde fostes cortados e para a caverna do poço donde fostes cavados. Olhai para Abraão, vosso pai, e para Sara, que vos deu à luz, porque sendo ele só, eu o chamei e o abençoei e o multipliquei.

Então, da mesma forma, que Abraão foi constituído da linhagem do espírito de Deus, todos os que creem no espírito, também vem da linhagem de Abraão, mas na lei está escrito que Abraão teve dois filhos, um que nasceu segundo a carne e outro que nasceu pela promessa de Deus. A linhagem de Ismael é carnal, mas a linhagem de Isaque é espiritual, pois Isaque não nasceu da possibilidade humana, mas sim da possibilidade de Deus, isto é, Isaque não representa a carne, mas o espírito de Deus que está em nós. Deus já assentou a porção do seu espírito em cada um de nós pela vida, e a consciência que andar por este espírito vem da linhagem de Abraão. Esta é a árvore da vida, aquela mesma árvore que Deus disse que está no meio do paraíso de Deus, e que qualquer consciência que se arrepender de andar pela carne e verdadeiramente buscar o espírito de Deus, tornará ao jardim e comerá do fruto desta árvore, que é a vida eterna. Mas as consciências que tiverem as suas raízes na carne, perecerão no dia do juízo.

Por O teu espírito diz