Um verdadeiro guerreiro nunca foge à luta, porque conhece a causa por quem luta. No caso das consciências, a luta deveria ser pela vida eterna delas, mas como ninguém conhece esta causa, todas abandonam esta luta. No caso da vida eterna, a pior inimiga da consciência é a carne. Paulo disse que existe uma luta entre a carne e o espírito pela posse da consciência, uma vez que sem consciência não há manifestação de nada. É na consciência que são sentidos todos os desejos da carne ou os desejos do espírito, isto é, a carne quer manifestar-se por seus desejos pela consciência, e o espírito, por sua vez, também quer manifestar os seus desejos pela consciência. Toda consciência deveria saber que está dentro de um propósito e que a vida está no espírito e não na carne que é uma existência provisória, é só o espírito voltar a Deus que a carne morre. O espírito é uma existência com vida própria e ele dará vida eterna a consciência, mas as consciências que estão ligadas a carne, cairão no vazio eterno quando a carne morrer.

Então, neste caso, se a consciência quiser obter a vida eterna do espírito, ela deve eliminar a carne de dentro dela e estabelecer o espírito de Deus, pois disso depende a vida eterna dela. Não existe salvação vinda de Deus para a carne. A ressurreição se faz no espírito e no plano do céu, na carne não existe ressurreição, muito menos reencarnação, uma vez morreu na carne, nunca mais eternamente. É tolice criar salvações de engano para a carne, pois isto não acontecerá e a tua consciência só se frustrará.

O propósito de Deus já está montado dentro de cada um de nós. Eu sei que a tua consciência foi produzida pela carne e com isto está ligada a carne como um fruto natural, mas nós devemos colher este fruto do seu pé, para o proveito do espírito de Deus. A tua consciência terá muito mais prazer no espírito do que na carne, o problema é que hoje ela está ligada a carne e não tem referências do espírito. Mas quando ela se desligar da carne e se ligar no espírito, nem se lembrará mais que um dia esteve ligada a carne, tal o tamanho do prazer que ela sentirá no espírito. Um profeta chegou até a dizer que esta vida da carne será esquecida como um sonho que você acorda e já não se lembra mais dele.

Por O teu espírito diz