Teoricamente a coisa mais fácil é conhecer o céu, é só trilharmos o caminho da vida que chegaremos a ele. Deus disse que a terra prometida está depois desse deserto, mas que era para ficarmos tranquilos que enquanto nós estivéssemos passando por ele, Ele não nos deixaria faltar nada, nem comida, nem bebida e nem vestimentas. Para irmos para o céu, devemos deixar literalmente este mundo, morar em tendas e não ter mais nenhum lugar fixo aqui. Abraão, Rebeca, Rute e o povo hebreu nos servem de exemplo, se diz assim de Abraão: creu ele no senhor e isto foi-lhe imputado por justiça. O que justificou Abraão diante de Deus foi ele ter crido no espírito que Deus nos assentou pela vida, e o que mostrou que Abraão creu neste espírito, foi ele ter deixado a carne e seguido o espírito. E foi isto mesmo que justificou Rebeca, que deixou tudo deste mundo para se casar com o filho da promessa. Rute também, virou as costas para tudo deste mundo e buscou abrigo no senhor. O que é virar as costas para este mundo e seguir o espírito de Deus? É deixar de andar pela carne e passar a andar pelo espírito, devemos fazer deste espírito o nosso senhor, a consciência deve se desligar da carne e se ligar no espírito de Deus, como Rebeca fez, ela deixou a família, o pai, a mãe, o irmão, o lugar em que morava, as amigas, as coisas que tinha, virou as costas para tudo isto para se casar com o filho da promessa de Deus. Rute também fez o mesmo e buscou abrigo no senhor. Elas fizeram como está escrito na lei: ouve, filha, e olha, inclina os teus ouvidos, e esquece-te do teu povo e da casa de teu pai. Então, o rei se afeiçoará a tua formosura, pois ele é o teu senhor, obedeça-o.

O espírito veio de Deus e já está em nós pela vida, basta as nossas consciências reconhecê-lo e se entregar a ele, que ele a levará ao céu, e lá, ele mesmo viverá pela consciência eternamente. A carne morrerá de todo jeito e sairá de cena, tudo é uma questão de a consciência entender e realizar o propósito de Deus nela, que ela conhecerá o céu. Trata-se de um ciclo da vida, você já foi um sêmen, passou pela fase humana e chegará a fase espiritual. Não precisa ter dó da carne, pois este é o propósito da vida e ele funciona assim, a carne morrerá de todo jeito. Quer coisa mais drástica do que a tua consciência cair no vazio eterno? O que te é pior, a morte da tua carne ou a tua consciência cair no vazio eterno? Se a morte da carne é inevitável, melhor é a vida eterna do espírito do que o vazio eterno. O que a tua consciência acha disso? Está escrito nos hebreus: se os Homens da fé tivessem oportunidade de voltar para o inconsciente onde estavam, poderiam voltar, mas como esta possibilidade não existe, eles buscaram uma eternidade melhor para eles.

Por O teu espírito diz