Nós nascemos na carne, produzimos a consciência e temos a vida, mas a vida não é da carne e sim do espírito que Deus nos assentou. Em si mesma a carne é morta, quem a vivifica já é o espírito de Deus. Para a nossa consciência ter a vida, é preciso ela inseminar o espírito de Deus nela, gesta-lo e nascer por ele, daí sim ela terá vida própria, mas se a consciência viver pela carne, cairá no vazio eterno quando a carne morrer. Foi através da vida do espírito que nos gestamos no ventre da nossa mãe e sem a vida nem aqui estaríamos e até hoje quem nos mantém vivos é a ação da vida, mas uma hora o espírito voltará a Deus e a carne voltará ao pó, e a questão aqui é a consciência que produzimos, pois para onde ela vai depois que o espírito voltar a Deus e o pó voltar ao pó? É muito claro esta questão, se no dia do juízo a consciência estiver ligada a carne, cairá no vazio eterno, pois o corpo dela morreu, mas se a consciência estiver ligada ao espírito de Deus, voltará a Deus com o espírito e lá no plano do céu ela terá a vida eterna dele, pois fez-se um corpo com ele. Mas para isto, hoje a consciência deve inseminar e gestar o espírito de Deus dentro dela, pois a vida está no espírito.

O mais interessante disso tudo é que nós estamos neste planeta Terra só por conta do propósito de Deus, é estranho dizer isto, mas o propósito é composto por várias partes. Deus criou este mundo para dar condição de vida ao ser humano, depois Ele criou o macho e a fêmea para ter procriação do ser carnal e cada ser humano que nasce neste mundo produz a sua consciência independentemente um do outro, e Deus assentou a porção do seu espírito em cada um de nós. Somos constituídos pela carne, pelo espírito e pela consciência que a carne produziu, só que esta consciência deve se desligar da carne que a produziu e se ligar no espírito de Deus pela vida eterna dela, este é o propósito de Deus. Deus quer nos ver pelo espírito, Ele é espírito e Ele nos criou na carne por causa da consciência, mas esta consciência deve andar pelo espírito. Paulo disse que é impossível uma consciência na carne agradar a Deus, pois o propósito de Deus é para as nossas consciências andarem em espírito e em verdade. Era para todas as consciências se identificarem com o espírito e andarem por ele, pois ele é a vida eterna delas.

Na carne, todos já sabem que morrerão, trata-se de um propósito e já estamos dentro dele, mas olha só o que os seres humanos fizeram neste mundo? Derrubaram o propósito de Deus, se individualizaram e acabaram com o planeta Terra. Vejam só a condição que o ser humano vive neste mundo, totalmente aniquilado e mesmo os que vivem bem neste mundo será por pouco tempo e depois jogarão a consciência que produziram no vazio eterno, será uma desgraça eterna, não atentaram para o propósito da vida. De que valeu os milionários que morreram neste mundo, viveram poucos anos de vida e jogaram a consciência nos infernos e permanecerão neste estado eternamente, e ninguém está se atentando para isto, viverão desgraçadamente poucos anos neste mundo e depois passarão uma eternidade numa masmorra em desgraça. Olha só o que os seres humanos fizeram com o propósito de Deus?

Por O teu espírito diz