A identidade é o que identifica uma pessoa, não só a foto da pessoa tem que estar no documento de identificação, como também a impressão digital, toda impressão digital é única, não existindo duas iguais, por isso a impressão digital identifica uma pessoa. Mas olha só que curioso o que Paulo disse de Jesus: ele riscou a cédula que nos identificava e nos colocou uma nova identidade. E o que Jesus fez para isto? A consciência de Jesus deixou de se identificar pela carne e passou a se identificar pelo espírito de Deus, isto é, Deus assentou a porção do seu espírito em cada um de nós pela vida, na carne somos apenas criações, e como criação produzimos a consciência e esta consciência é ligada a carne como um fruto natural, mas uma vez madura, ela deve ser colhida para o espírito, isto é, a consciência deve deixar de se identificar pela carne e passar a se identificar pelo espírito de Deus, criando assim uma nova identidade para ela. E nós vemos as digitais da carne ou do espírito numa consciência, é nítido ver por quem uma consciência anda, se pela carne ou se pelo espírito. Se a consciência andar pela carne, ela se identificará sempre pela carne, mas se ela andar pelo espírito, também sempre ela se identificará pelo espírito. Trata-se de um novo ser, uma nova vida, quem governa a consciência não é mais a carne e sim o espírito de Deus, isto é literal e não só no faz de contas.

Não é o caso dos religiosos que dizem ser espirituais, mas você só os vê andando pela carne, preocupados com as coisas da carne, buscando as coisas da carne, e ainda dizem que é Deus que está dando. Deus é espírito, e os filhos verdadeiros Dele, são todos aqueles que são guiados por seu espírito, e jamais um filho de Deus pede alguma coisa para a carne, pois se ele é espiritual, só pode pedir as coisas para o espírito. Os religiosos são detratores do entendimento de Deus, invertem o raciocínio lógico, honrando e servindo mais a carne do que o espírito de Deus, eles não pedem e não querem ter nada no espírito, mas tudo o que eles pedem e querem é para a carne, não mudaram nada e quando mudam, é só de religião. Eu nunca entendi o porquê as consciências fazem isto, pois quem cairá no vazio eterno são elas mesmas.

Nós estamos dentro de um propósito e precisamos realizar este propósito em nós para estarmos na próxima etapa da vida, e este propósito é justamente a consciência se desligar da carne e se ligar no espírito de Deus, se elas não fizerem isto, por certo cairão no vazio eterno. É só o espírito voltar a Deus e a carne voltar ao pó, que a consciência cairá no vazio eterno. E nenhuma consciência se liga nisto, todos têm um medo terrível da morte, pois sabem que é neste dia que vão para os infernos. Trocar de identidade é trocar de ser, você era um ser e passa a ser outro ser, era carnal e passa a ser espiritual, não é nada aqui do lado de fora, mas é dentro da consciência, é dentro dela que você deve se desligar da carne e se ligar no espírito de Deus. É nítido ver onde uma consciência está ligada, é tolice querer enganar. Paulo disse que a consciência carnal pende para as coisas da carne e a consciência espiritual pende para as coisas espirituais. Se a tua família é a carnal, você não tem absolutamente nada a ver com Deus, entendeu?

Por O teu espírito diz