De onde vem o complexo de culpa da consciência? É óbvio que o ser humano se trata de uma criação, mas o primeiro ponto é que ele não consegue se identificar como tal. Refletir-se que é a própria consciência, nem pensar, e ele sabe, mesmo que no inconsciente que tem uma função a cumprir para o Criador Deus, mas ele não sabe qual é esta função e nem busca saber e ainda vive dissolutamente à revelia dos seus desejos carnais. Terá um fim trágico e não sabe qual será a consequência disso, por isso foge da morte o tempo todo. Corre o tempo todo como uma barata tonta, tentando se esconder da morte, mas sabe que uma hora não terá mais jeito. Então, a consciência tenta se conformar com a morte por não ver a saída dela, mas lá no íntimo não se conforma com esta situação.

E todos vivem essa loucura de ponta cabeça, como diz uma canção. Ninguém para pensar, raciocinar e formar ideias. Eu acho interessante que no mundo existem cerca de oito bilhões de consciências e nenhuma delas se interessam pela razão da vida, do porquê o ser humano está aqui no mundo. Tudo que os seres humanos sabem é que existem e que um dia morrerão, mas não buscam saber o que tem por trás de tudo isto. Simplesmente existem, sabem que morrerão e não sabem a que vieram, estudam tantas coisas inúteis, descobrem coisas complexíssimas, muitas delas invisíveis, como o átomo, a gravidade, chegam a criar criações complexíssimas, mas não conseguem avançar nada quando se trata da própria razão. O ser humano produz uma grandeza imensurável que é a consciência disso tudo, mas não produz a consciência do espírito de Deus que já está em nós pela vida eterna. A consciência não consegue se isolar, como produto da criação humana, mas ela pensa que é a carne, pois se identificou com a carne e toda espécie de salvação que ela cria é para a carne. Jamais uma consciência se identifica com o espírito de Deus e vive no mundo extremamente carnal, e o maior problema ainda não é este, mas sim, que consciência nenhuma busca ao menos saber qual é o propósito de Deus para realizá-lo e estar na próxima etapa da vida. A consciência nem imagina a possibilidade de se tornar em um ser espiritual. O pior deles todos são os religiosos que ainda julgam que andam pela vontade de Deus e pensam que a vontade Dele é ir à igreja, fazer caridade, são muito ligados a família carnal que eles dizem ser a base para os filhos, e neste caso, não tem como falar do espírito de Deus a eles. Mas sei que no interno deles o acusam o tempo todo, tanto que eles passam a vida toda pedindo perdão a Deus, julgando com isto que se salvarão e não sabem que estão fora da graça de Deus.

Por O teu espírito diz